Sites Grátis no Comunidades.net Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis






Partilhe este Site...

STG - Seminário Teológico de Guarulhos

Portal da Igreja Presbiteriana

UMADGUAR - União das Mocidades da Assembleia de Deus em Garulhos

Ministério de Missões da AD Guarulhos

Faculdade e seminário Teológico da Fé Reformada

Cohen University Theologial Seminary

Discipulado sem fronteiras

ICP - Instituto Cristão de Pesquisa



Total de visitas: 523022
Bibliologia (Resumão)
Bibliologia (Resumão)

INTRODUÇÃO

 

A Bíblia não é nosso livro de regras religiosas, nosso RI. É a inspirada palavra de Deus. Revela verdades universais muito antes da ciência É o manual de instruções do funcionamento da vida humana

 

PARTE 1 – ESTRUTURA, FORMA E COMPOSIÇÃO DA BÍBLIA

 

O que significa Bíblia?

- Bíblia: Latim biblion, “rolo” ou “livro” (Lc 4.17)

 

Como a Bíblia chama a si mesma?

- Escrituras: Termo do NT para, os livros sagrados do A.T. (2Tm 3.16; Rm 3.2; 2Pe 3.16

- Palavra de Deus: Termo usado em relação aos Testamento em sua forma escrita (Mt 15.6; Jo 10.35; Hb 4.12)

 

Como a Bíblia é dividida?

- AT e NT


Quantos livros tem o AT?

- O AT tem 39 livros

 

Como está dividido o AT?

- Pentatêuco ou Lei: Gênesis, Èxodo, Levítico, Números e Deuteronômio.

- Históricos: Pentatêuco, Josué,Juízes, Rute, 1 e 2 Samuel, 1 e 2 Reis, 1 e 2 Cronicas, Esdras, Neemias Ester

- Poéticos e de sabedoria: Jó, Salmos, Provérbios, Eclesiastes, Cantares.

- Proféticos:

Profetas Maiores: Isaias, Jeremias, Lamentações, Ezequiel, Daniel

Profetas Menores: Oseias, Joel, Amós, Obadias, Jonas, Miquéias, Naum, Habacuque, Sofonias, Ageu, Zacarias, Malaquias

 

Quais os idiomas utilizados no AT?

- Hebraico e pequenas porções de aramaico

 

Quantos livros tem o NT

- O NT tem 27 livros

 

Como está dividido o NT?

- Históricos: Evangelhos e Atos

- Cartas Paulinas eclesiais: Romanos, 1Coríntios, 2Coríntios, Gálatas, Efésios, Filipenses, Colossenses, 1Tessalonicenses, 2Tessalonicenses

- Cartas paulinas pastorais ou pessoais: 1Timóteo, 2Timóteo, Tito, Filemom.

- Cartas Gerais: Hebreus, Tiago, 1Pedro, 2Pedro, 1João, 2João, 3João, Judas.

- Profético: Apocalipse

Qual o idioma utilizado no NT?

- Grego

 

Quanto tempo a Bíblia levou para ser completada?

- Aproximadamente 1600 anos

 

Quantas pessoas escreveram a Bíblia?

- Mais de 40 autores

- Diferentes épocas, culturas e posições sociais

- Agricultores, pescadores, reis, aristocratas, etc.

 

 

 

PARTE 2 – CÂNON

 

O que é Canonicidade?

- É a aceitação ou não de um livro no cânon

 

Quais livros católicos que os protestantes não aceitam como canônicos?

- I e II Macabeus, Tobias, Judite, Eclesiástico, Sabedoria de Salomão e Baruque, além de acréscimos aos livros de Ester (do capítulo 10.4 ao 16.24) e Daniel (A Canção do Três Rapazes - Dn 3.24-90 - A história de Susana – Dn 13 - e Bel e o Dragão – Dn 14)

 

Os protestantes tiraram estes livros da Bíblia?

- Foram inseridos na Bíblia utilizada pelos católicos em 8 de Abril de 1546, no Concílio de Trento. Foi um meio de combater a Reforma protestante, pois algumas doutrinas católicas são apresentadas neles, como: Purgatório, oração pelos mortos, salvação pelas obras, etc

 

Como foi feita a seleção dos livros canônicos do AT?

- O NT cita os livros do Velho Testamento.

- Jesus endossou o cânon hebreu ( de Gn a Zc):

Mt 23.35: Para que sobre vós caia todo o sangue justo, que foi derramado sobre a terra, desde o sangue de Abel, o justo, até ao sangue de Zacarias, filho de Baraquias, que matastes entre o santuário e o altar.

 

- Os judeus eram meticulosos ao preservar as Escrituras do AT

- Tinham poucas controvérsias as partes pertencentes ao cânon

- Os livros apócrifos do catolicismo não passaram no teste canônico

- Ficaram de fora da definição de Escritura

- Nunca foram aceitos pelos judeus.

 

Como foi feita a seleção dos livros canônicos do NT?

- Antiguidade do texto (época apostólica)

- Ortodoxia (doutrina correta)

- Autoridade apostólica (Marcos e Lucas, os únicos não apóstolos a escreverem no NT, eram companheiros dos apóstolos).

 

 

PARTE 3 – INSPIRAÇÃO

 

O que é inspiração?

- A ação supervisionadora de Deus sobre os autores humanos

- Usam suas próprias personalidades e estilos

- Registram sem erro as palavras da revelação ao homem.

- Se aplica apenas aos manuscritos originais (chamados de autógrafos).

 

Teorias sobre a Inspiração:

Natural

- Não há qualquer elemento sobrenatural envolvido.

- A Bíblia foi escrita por homens de grande talento.

 

Mecânica (ou teoria da ditação)

- Os autores bíblicos foram instrumentos passivos nas mãos de Deus

- Deve-se admitir que algumas partes da Bíblia foram ditadas

.

Parcial

- Somente o não conhecível foi inspirado (e.g., criação, conceitos espirituais)

 

Conceitual

- Os conceitos, não as palavras, foram inspirados.

 

Verbal e Plenária

- Verbal: Cada palavra; Plenária: Todas as palavras foram inspiradas.

- Deus é superintendente do processo

- Não dita aos escritores. Guia-os.

- Assim, a Bíblia é inerrante.

 

O que a própria Bíblia diz sobre a inspiração?

 

Paulo diz que a Escritura é inspirada (Theopneustos, soprado por Deus.)

2Tm 3.16: Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça;

 

Pedro diz que os escritores foram “movidos” (lit., “carregados”) pelo Espírito Santo.

2Pe 1.20,21: Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação.
Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo.

 

Deus deu ordens específicas para escrever Sua Palavra

Ex 17.14: Depois o Senhor disse a Moisés: "Escreva isto num rolo, como memorial, e declare a Josué que farei que os amalequitas sejam esquecidos para sempre debaixo do céu".

 

O uso que Jesus fez do AT conferindo autoridade Divina.

Mt 5.17: "Não pensem que vim abolir a Lei ou os Profetas; não vim abolir, mas cumprir.

 

Ainda há inspiração hoje?

- Não. A Bíblia está fechada para acréscimos.

- Todo e qualquer ensino deve ser analisado à luz do que está escrito:

- O que há hoje é a iluminação para usar o texto inspirado.

Ap 22.18: Declaro a todos os que ouvem as palavras da profecia deste livro: se alguém lhe acrescentar algo, Deus lhe acrescentará as pragas descritas neste livro.

 

Qual a diferença entre inspiração e iluminação?

- A inerrância.  Apenas os textos inspirados são inerrantes.


PARTE 4 – COMO A BÍBLIA É RECEBIDA PELO HOMEM?


Racionalismo

- Nega a possibilidade de qualquer revelação sobrenatural

- Quando admite a possibilidade de revelação divina, está sujeita ao juízo final da razão humana.


Romanismo 

- A Bíblia é um produto da igreja; por isso a Bíblia não é a autoridade única ou final.

 

Misticismo

- A experiência pessoal tem a mesma autoridade da Bíblia.


Neo-ortodoxia 

- A Bíblia é uma testemunha falível da revelação de Deus na Palavra, Cristo.

 

Seitas 

- A Bíblia e os escritos do líder ou fundador de cada uma possuem igual valor.

Ortodoxia 

- A Bíblia é a nossa única base de autoridade.

 

 

CONCLUSÃO

 

Resumo do tema geral da Bíblia

- Criação: O amor de Deus

- O pecado e depravação do Homem

- Salvação: A salvação em Cristo

- Redenção: A vinda de Cristo e o arrebatamento da igreja