Sites Grátis no Comunidades.net






Partilhe este Site...

STG - Seminário Teológico de Guarulhos

Portal da Igreja Presbiteriana

UMADGUAR - União das Mocidades da Assembleia de Deus em Garulhos

Ministério de Missões da AD Guarulhos

Faculdade e seminário Teológico da Fé Reformada

Cohen University Theologial Seminary

Discipulado sem fronteiras

ICP - Instituto Cristão de Pesquisa



Total de visitas: 522999
O Juízo de Deus
O Juízo de Deus

O JUÍZO DE DEUS


Essa semana eu estava lendo o profeta Sofonias para fazer a homília de domingo à noite. Meu objetivo foi mostrar para a igreja que o juízo de Deus é real e impreterível, sobretudo para a sociedade contemporânea que sequer se lembra que Jesus voltará. Queria, ainda, lembrar ao irmão que os que se escondem na presença de Deus serão preservados do sofrimento daqueles dias.


Contextualização:

Sofonias profetizou nos dias de Josias, rei de Judá, com, o qual tina um parentesco um tanto distante. Talvez as profecias deste homem de Deus tivessem ajudado nas reformas instituídas por Josias. Este profeta menor era o que gosto de chamar de teólogo prático, pois estava preocupado com a administração do reino e com a tomada de decisões alheias a Deus.

Um marasmo espiritual reinava e, consequentemente, o pecado era habitual.


A mensagem

A mensagem de Sofonias é uma profecia sobre o juízo final sobre todo o mundo; escrita em forma de poesia, revela a atitude de Deus em relação aos inimigos em contraste com o cuidado que dará aos salvos nos dias mais difíceis.


O capítulo 1 fala do julgamento de Deus

Sofonias 1.2,3: Hei de consumir por completo tudo de sobre a terra, diz o SENHOR. Consumirei os homens e os animais, consumirei as aves do céu, e os peixes do mar, e os tropeços juntamente com os ímpios; e exterminarei os homens de sobre a terra, diz o SENHOR.

O juízo de Deus é uma certeza, pois o Senhor abomina todo o tipo de pecado. Sua ira, contida desde a fundação do mundo contra toda a espécie de maldades e iniquidades, contra toda a injustiça que acontece debaixo dos céus (que, aliás, Deus tolera por amor à igreja), será derramada sobre toda a terra.


E os primeiros a passarem por este juízo serão as da casa de Deus:

Sf 1.4:E estenderei a minha mão contra Judá, e contra todos os habitantes de Jerusalém, e exterminarei deste lugar o restante de Baal, e o nome dos sacerdotes dos ídolos, juntamente com os sacerdotes;

Mas não os verdadeiros cristãos, pois estes apenas serão julgados com a finalidade de serem galardoados.

Os primeiros a enfrentarem esse juízo serão os falsos crentes; aqueles que nunca assumiram um compromisso verdadeiro; que frequentam a casa de Deus, mas vivem na mentira, na enganação.

Amados irmãos, Deus não se deixa escarnecer; o que o homem plantar, isso colherá (Gálatas 6.7).

Se planta na vida espiritual, planta para a vida eterna; mas se planta pecado, mentira, planta na carne para a condenação eterna.


O capítulo 2 convoca ao arrependimento

Sf 2.3: Buscai ao SENHOR, vós todos os mansos da terra, que tendes posto por obra o seu juízo; buscai a justiça, buscai a mansidão; pode ser que sejais escondidos no dia da ira do SENHOR.

O nome de Sofonias significa “O Senhor Esconde” e o capítulo 2 é, justamente, um convite a esconder-se no Senhor.

Deus constantemente convida ao arrependimento.

Mesmo que estejamos plantando sementes ruins, Deus convida para mudar essa realidade.

É necessário abandonarmos o nosso egoísmo, o nosso eu. Confessar os pecados.

Se vivemos uma vida espiritual relapsa, se nossa comunhão com Deus está manchada, Deus está convidando a um retorno à sua presença. Deus nos convida a um novo recomeço.


O capítulo 3 mostra Deus cuidando de seu povo no meio do juízo

Uma promessa para aqueles que são dEle, aqueles que não se contaminam, que não perderam os valores. Para aqueles que se arrependem com sinceridade, que abrem mão de si mesmos e entregaram-se à vontade do Senhor, a promessa de Deus é grandiosa:


DEUS CHAMA, DEUS BUSCA PARA SEU APRISCO

Sf 3.10: Dalém dos rios da Etiópia, meus zelosos adoradores, que constituem a filha dos meus dispersos, me trarão sacrifício.

Deus é o nosso refúgio, e quer nos arrebanar em seu aprisco.

Disse Jesus:

"Eu sou a porta; se alguém entrar por mim, salvar-se-á, e entrará, e sairá, e achará pastagens."  (João 10 : 9)

E mais:

"Eu sou o bom Pastor; o bom Pastor dá a sua vida pelas ovelhas."  (João 10 : 11)


É um chamado a vir até Deus nos dias maus, o pastor nos chama para o aprisco celestial, para oferecermos adoração, louvor, para entregarmos tudo o que temos em Suas mãos.

Esse convite pé constante, ovelhas do Senhor:

"E o Espírito e a esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida."  (Apocalipse 22 : 17)


DEUS JUSTIFICA DE TODOS OS PECADOS

Sf 3.11: Naquele dia não te envergonharás de nenhuma das tuas obras, com as quais te rebelaste contra mim; porque então tirarei do meio de ti os que exultam na tua soberba, e tu nunca mais te ensoberbecerás no meu monte santo.

Ao entrarmos no aprisco do Senhor, não importa nossa vida passada, os tempos da ignorância.

Aceitar a Cristo é recomeçar, é nascer de novo. Ele é a nossa oportunidade de uma nova vida. E, como disse Paulo:

"Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica."  (Romanos 8 : 33)


Foi Cristo quem morreu por nós, foi Ele quem ressuscitou, quem rasgou o véu da separação e nos deu acesso direto ao trono de Deus


O juízo de Deus vem sobre a terra, mas, do nosso pecado, Deus não fará lembrança, pois o preço desse pecado - altíssimo - foi pago satisfatoriamente  por jesus na cruz do calvário.


ELE DÁ ALEGRIA DO ESPÍRITO SANTO

Sf 3.14: Canta alegremente, ó filha de Sião; rejubila, ó Israel; regozija-te, e exulta de todo o coração, ó filha de Jerusalém.


No meio de uma mensagem de juízo e punição, quando o mundo estará mergulhado em crise, sofrendo as consequências de seu pecao, procurando a morte como descanso, o crente estará regozijando na presença do Senhor.


Aquele que sofreu, que corou, que enfrentou a injustiça, que renunciou às tentações, que abriu mão do pecado, desfrutará da alegria do Espírito santo que o mundo não pode conhecer, pois é uma dádiva espiritual concedida aos salvos em Cristo Jesus.


ELE CONCEDE A SALVAÇÃO

Sf 3.17: O SENHOR teu Deus, o poderoso, está no meio de ti, ele salvará; ele se deleitará em ti com alegria; calar-se-á por seu amor, regozijar-se-á em ti com júbilo.


Aqueles que não mancharam suas roupas, mas mantiveram a santidade; aqueles que estão escondidos no aprisco celestial de Cristo, que recebeu a plena justificação e que está  cheio da alegria do Espírito Santo, este tem a entrada garantida nas mansões celestiais.

Estaremos na presença de Deus.

Aquele que chorou, agora vai sorrir.

Aquele que sofreu, vai se regozijar.

Quem era doente será são.


Encontraremos a perfeição da existência de Deus e  seremos como Jesus:

"Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos."  (I João 3 : 2)


Assim, eu convido você ao arrependimento, a uma mudança de atitude.

Abandone o pecado, o orgulho; deixe de lado o eu e entregue sua vida sobre o altar de Deus, para desfrutar de todas as promessas que o Senhor, tão carinhosamente, te deixou.