Sites Grátis no Comunidades.net






Partilhe este Site...

STG - Seminário Teológico de Guarulhos

Portal da Igreja Presbiteriana

UMADGUAR - União das Mocidades da Assembleia de Deus em Garulhos

Ministério de Missões da AD Guarulhos

Faculdade e seminário Teológico da Fé Reformada

Cohen University Theologial Seminary

Discipulado sem fronteiras

ICP - Instituto Cristão de Pesquisa



Total de visitas: 530581
Salvação 5 - Santificação
Salvação 5 - Santificação

SANTIFICAÇÃO

 

Uma vez justificados por Cristo, o processo savífico continua na vida do ser humano (lembrando que esta é uma ordem lógica e não cronológica dos atos de Deus no homem).

O próximo ponto a ser estudado é a santificação.

 

- Para ler o estudo anterior, clique aqui -

 

Mas, o que é a santificação?

Ser santo significa ser separado. Entenda-se que, no sentido humano e temporal, santo não é e nem poderia ser sinônimo de perfeito, embora esta seja a meta da santificação. Deus sim é perfeito, pois é completamente separado de todas as debilidades humanas e transitórias.

No que se refere ao homem, santificação é o processo de separação deste mundo que o crente vive depois de justificado por Deus em Cristo.

 

Sendo assim, o convertido já é santo ou ainda está em processo de santificação?

A partir da união com Cristo, o crente recebe a santificação posicional, ou seja, uma posição de imediata e plena santificação:

 

A todos os que estais em Roma, amados de Deus, chamados santos: Graça e paz de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo. Romanos 1:7

 

Logo, o cristão já é santo, ainda que não seja perfeito, vista a definição acima. Justamente por não estar perfeita, a santificação também é um processo na vida do homem:

 

Mas agora, libertados do pecado, e feitos servos de Deus, tendes o vosso fruto para santificação, e por fim a vida eterna. Romanos 6:22

 

Ou seja, o homem já é santo pela posição recebida em Cristo, mas também está em processo de santificação, pois busca e receberá a perfeição de Cristo em Sua vinda.

 

Deus me santifica ou eu me santifico?


Deus é o único autor da santificação:

 

Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade. João 17:17

 

Mas, em sua graça, Deus proveu meios para o homem cooperar com Ele no processo:

Falo como homem, pela fraqueza da vossa carne; pois que, assim como apresentastes os vossos membros para servirem à imundícia, e à maldade para maldade, assim apresentai agora os vossos membros para servirem à justiça para santificação. Romanos 6:19

 

Assim, a santificação é uma obra exclusivamente da graça divina, sendo um processo no qual o homem é capacitado por Ele a cooperar.

 

Este processo santificador nunca será completo nesta vida:

Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis; e, se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo. 1 João 2:1

 

Mas será completa na morte para o que concerne à alma:

À universal assembleia e igreja dos primogênitos, que estão inscritos nos céus, e a Deus, o juiz de todos, e aos espíritos dos justos aperfeiçoados; Hebreus 12:23

 

E será completo na ressurreição para que concerne ao corpo:

E não entrará nela coisa alguma que contamine, e cometa abominação e mentira; mas só os que estão inscritos no livro da vida do Cordeiro. Apocalipse 21.27

 

 

Como Deus me santifica?

 

Deus me santifica através da fé em Cristo:

Mas vós sois dele, em Jesus Cristo, o qual para nós foi feito por Deus sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção; 1 Coríntios 1:30

 

Ele gera em nós a mortificação do velho homem.

Este pode ser definido como a faceta negativa da santificação na qual a contaminação da natureza humana é gradualmente removida em seus atos pecaminosos e, pela comunhão com Deus e mudança de mente (Rm 12.2), essa natureza é paulatinamente crucificada.

 

Assim também vós considerai-vos certamente mortos para o pecado, mas vivos para Deus em Cristo Jesus nosso Senhor. Romanos 6:11

 

Ele também gera em nós a vivificação do Novo Homem

E vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade. Efésios 4.25

 

Este pode ser definido como a faceta positiva da santificação, na qual a disposição santa da alma é fortalecida e a prática de coisas santas é aumentada, de modo a gerar um novo curso de vida:

Sepultados com ele no batismo, nele também ressuscitastes pela fé no poder de Deus, que o ressuscitou dentre os mortos. Colossenses 2:12

 

Perceba amigo leitor, que esta santificação de maneira nenhuma resulta de boas obras, mas o crente santificado resultará em boas obras. Ou seja, as boas obras são consequências e não causas da santificação. É isso o que se chama de viver para Deus.

 

A santificação afeta o homem por completo

 

Uma vez que a santificação é processada no coração, ela afeta todo o ser, gerando uma mudança interior que, naturalmente, implica e resulta na mudança na vida exterior.

 

É uma obra em que os Crentes cooperam

Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver; 1Pe 1.15

 

Falo como homem, pela fraqueza da vossa carne; pois que, assim como apresentastes os vossos membros para servirem à imundícia, e à maldade para maldade, assim apresentai agora os vossos membros para servirem à justiça para santificação. Romanos 6:19

 

Como posso cooperar com Deus na santificação?

 

A santificação acontece pela presença do Espírito Santo

Assim, coopero com Deus à medida que vivo a comunhão do Espírito em oração, prática de vida devocional cristã e buscando o fruto do Espírito Santo.

Purificando as vossas almas pelo Espírito na obediência à verdade, para o amor fraternal, não fingido; amai-vos ardentemente uns aos outros com um coração puro; 1 Pedro 1:22

 

A santificação acontece na Igreja:

A santificação está relacionada à igreja em vários aspectos:

 

Pela comunhão nos Sacramentos

Que também, como uma verdadeira figura, agora vos salva, o batismo, não do despojamento da imundícia da carne, mas da indagação de uma boa consciência para com Deus, pela ressurreição de Jesus Cristo; 1 Pedro 3:21

 

Eu sou o pão vivo que desceu do céu; se alguém comer deste pão, viverá para sempre; e o pão que eu der é a minha carne, que eu darei pela vida do mundo. João 6:51

 

 

Pela obediência às lideranças

Aquele que desceu é também o mesmo que subiu acima de todos os céus, para cumprir todas as coisas. E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores, Querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo; Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo,
Efésios 4:10-14

 

Pela Palavra de Deus

Sendo de novo gerados, não de semente corruptível, mas da incorruptível, pela palavra de Deus, viva, e que permanece para sempre. 1 Pedro 1:23

 

Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade. João 17:17

 

Em suma, o homem coopera com Deus no processo da santificação observando os sacramentos: a ordenança do batismo e a participação sincera e casta na ceia do Senhor; coopera com Deus prestando a devida obediência aos ministros do Senhor que foram instituídos para cuidar do rebanho de Cristo e coopera com Deus, sobretudo, lendo, ouvindo, guardando e praticando a palavra de Deus em sua vida cotidiana.

 

Viu só? Na verdade, essa história de santificação não é lá um bicho de sete cabeças, não é mesmo?